Super Fruits Slot

Super Fruits Slot - veja o que visitar na cidade pernambucana

Olinda é conhecida por suas simpáticas casinhas coloridas e pelos ritmos do frevo e do maracatu, típicos da região. Distante apenas seis quilômetros de Recife, foi a segunda cidade brasileira a receber o título de Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade pela UNESCO, em 1982, depois de Ouro Preto.

Foi fundada em 1535, sendo uma das mais antigas cidades brasileiras, e chegou a ser o centro urbano mais rico do Brasil Colônia devido ao extrativismo do pau-brasil e à cultura da cana-de-açúcar. Em matéria de luxo e ostentação, chegou a disputar com a corte portuguesa, de tanta riqueza que possuía.

Seja assinante Super Fruits Slot+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Invasão holandesa e suas consequências

A invasão holandesa, em 1630, atrapalhou o desenvolvimento próspero do município e descaracterizou alguns edifícios, já que os estrangeiros retiravam materiais das construções para edificar novas casas em Recife, onde se estabeleceram. Olinda chegou a ser incendiada pelos invasores, que foram expulsos em 1654. A partir daí começou a reconstrução da cidade, mas a importância política foi perdida para Recife desde então.

Igrejas centenárias e centro histórico de Olinda

Para visitar, recomendamos que esteja com roupas e, principalmente, sapatos confortáveis, já que, além das ladeiras, é necessário encarar o calor nordestino.

Em meio às casinhas coloridas, igrejas centenárias se destacam nas ruas de Olinda. São inúmeras construções, como as igrejas do Carmo, de São Sebastião, da Misericórdia, o Convento de São Francisco e o Mosteiro de São Bento. As edificações típicas da época dão um charme especial à paisagem.

O centro histórico abriga as principais atrações, como a Casa dos Bonecos Gigantes, que animam o tradicional carnaval da região. Alguns deles remetem a celebridades e figuras conhecidas variadas, como Bob Marley e Chacrinha.

Arquitetura marcante e pontos culturais

A Prefeitura, construída no século XVII, possui uma arquitetura típica. Outras duas atrações são o Casarão vermelho e o Sobrado Mourisco, que ficam um de frente para o outro e exibem diferentes estilos arquitetônicos de época. Para os fãs de Alceu Valença, existe até mesmo a possibilidade de se deparar com o músico pela cidade, já que sua casa também se converteu em ponto turístico.

A história e a cultura podem ser apreciadas no Museu Regional de Olinda, no Museu do Mamulengo e no Museu de Arte Contemporânea.

No Alto da Sé, além de apreciar a paisagem, é possível visitar a Catedral da Sé, a principal igreja da cidade (Imagem: Pinheiro_Photos | Shutterstock)

Contemple a vista do alto

Nos pontos mais altos do município, a vista é espetacular, emoldurando o céu e o mar. No Alto da Sé, além de apreciar a paisagem, é possível visitar a Catedral da Sé, construída em estilo barroco, e fazer compras no mercado de artesanato. Aqui a vida noturna é animada, com bares e restaurantes que são muito frequentados por turistas e moradores. Nesse local, também se encontra o Observatório Astronômico do Alto da Sé, que abriga exposições e oferece observações no telescópio.

Vale a pena também subir no Mirante da Caixa d’Água, que oferece uma vista de 360 graus e de onde é possível ver até a vizinha Recife.

Praias de águas quentes e cristalinas

Fugindo do circuito histórico, uma boa opção de passeio é visitar alguma das praias. As faixas de areia do Farol, do Carmo e dos Milagres são um atrativo para adultos e crianças com suas águas quentinhas e cristalinas.

Por Cláudia Costa e Elíria Buso – revista Qual Viagem

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Cultura & Entretenimentoculturaedicasequal viagemturismoviagem

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar
Super Fruits Slot Mapa do site