Super Fruits Slot

Super Fruits Slot - Pré-candidatos à Prefeitura de Fortaleza criticam Sarto após forte chuva

Nomes da esquerda à direita usaram as redes sociais para repercutir os transtornos causados pela chuva forte que atingiu Fortaleza durante o final de semana; cidade registrou alagamentos, falta de energia elétrica, danos a estruturas de imóveis e quedas de árvores em diversos pontos

Nem a chuva que caiu em Fortaleza no fim de semana de Carnaval esfriou o clima entre os pré-candidatos à Prefeitura de Fortaleza, pelo contrário, foi motivo de críticas à gestão do prefeito e pré-candidato à reeleição José Sarto(PDT).

Nas redes sociais, ao menos outros quatro nomes que disputarão a preferência do eleitorado da Capital comentaram os transtornos registrados em diversos pontos da Cidade, com alagamentos; falta de energia elétrica; danos a estruturas de imóveis e quedas de árvores.

Seja assinante Super Fruits Slot+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

A deputada federal e ex-prefeita Luizianne Lins (PT) publicou texto crítico à atual gestão.

“Semáforos apagados, lixo transbordando, alagamentos em vias principais, árvores caídas, risco de desabamento…Esse é o triste retrato de uma cidade mal preparada para as chuvas. Cadê a limpeza das bocas de lobo e das lagoas, cadê o sistema de drenagem urbana? Fortaleza está um caos! Cobramos posicionamento e ação dessa gestão omissa”, escreveu a petista em seu perfil no X (antigo Twitter).

Em live nas redes sociais, o secretário da Saúde de Maracanaú e ex-deputado federal Capitão Wagner (União) mostrou a situação debaixo de uma ponte entre os bairros Autran Nunes e Genibaú.

“Olha só como está aqui de Lixo no rio. Pneu, móveis, um sofá. Absurdo que está acontecendo aqui. Como que água vai circular se tem tanto lixo? Olha a situação debaixo da ponte. Como a água circula com tanto lixo, sujeira e abandono dessa área?”, questionou.

Wagner aproveitou para criticar a Taxa do Lixo,aplicada na Capital em abril do ano passado e que desde então gera pressões e desgaste político para a gestão municipal.

“Assim a gente entende porque acontecem inundações aqui na cidade. Esse não é o Ceará três vezes mais forte que a gente imaginava, nem a cidade que tem uma Taxa do Lixo, que deveria evitar que esse lixo estivesse espalhado (...) Fica muito claro que a taxa do lixo não resolveu o problema de Fortaleza”, completou o opositor.

No sábado, 10, data das fortes chuvas que tomaram conta da cidade, o deputado federal e pré-candidato à Prefeitura de Fortaleza, André Fernandes, publicou vídeo nas redes sociais no qual aparecia em uma zona alagada da cidade, com água na altura da cintura.

"Tô aqui na Aerolândia, Fortaleza, chuva abençoada que Deus mandou para o nosso povo cearense, mas quando chove, toda vez que chove, é a mesma situação", diz o parlamentar alegando que "os políticos" estariam em alpendres de apartamentos, curtindo a "chuvinha gostosa" que Deus mandou.

"Enquanto isso, como é que o povo fica?", pergunta. "Mas tem uma coisa, não se preocupe, porque quando o prefeito assistir a esse vídeo, ele vai fazer mais uma obra milionária. Só que não vai ser aqui, não. Vai ser lá na Beira-Mar", ironizou.

Já o presidente da Assembleia Legislativa (Alece) e um dos pré-candidatos do PT à Prefeitura da Capital, deputado Evandro Leitão (PT), disse que acompanhava atento à situação na Capital.

“Ao longo do dia, fui informado de que as equipes do Estado - Bombeiros e SOP - atuaram para solucionar problemas causados pelas enchentes, tanto nos serviços quanto estruturais. As famílias estão sendo acompanhadas pela Defesa Civil e SPS”, informou.

Leitão ressaltou que o Legislativo “está à disposição para atuar, dentro das suas competências, tanto na votação de medidas emergenciais, caso necessário, quanto no sentido de atenuar os efeitos da enchente para a população mais atingida, por meio do Comitê de Responsabilidade Social. Estamos unidos pelo bem da população fortalezense”.

Em nota publicada no fim de semana, o prefeito José Sarto afirmou que acompanhava pessoalmente as repercussões da chuva pelas ruas da Cidade. Ele anunciou providências para o enfrentamento a enchentes, como o direcionamento de todo o efetivo da Defesa Civil para ocorrências ligadas à questão.

"Reforço que os trabalhadores dos vários órgãos da Prefeitura seguem protocolos de emergência para identificar pontos com maior probabilidade de ocorrências e acompanhá-los, em tempo real, por meio de mais de 600 câmeras de videomonitoramento", disse no comunicado.

Confira nota na íntegra:

Informo à população de Fortaleza que, desde cedo, estamos atentos e atuando fortemente nas ruas para lidar com os efeitos da chuva em nossa cidade.

Eu estou pessoalmente monitorando as ocorrências e os atendimentos, em contato direto com nossos secretários, cobrando celeridade nos serviços para minimizar prejuízos e riscos eventuais.

Acionei toda nossa estrutura para garantir as condições de trabalho necessárias para nosso time trabalhar. Os agentes de trânsito da AMC estão nas ruas atuando para orientar o trânsito e fazer desvios necessários devido a alagamentos.

Todo o efetivo da Defesa Civil está atendendo ocorrências, principalmente de alagamentos, mas também os casos de risco de desabamento. As equipes de poda estão também recolhendo árvores caídas. Até o meio-dia deste sábado, 10, árvores foram recolhidas.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Chuva em FortalezaPrefeitura de FortalezaJose Sartopre-candidatos em FortalezaCapitao WagnerLuizianne LinsAndre FernandesEvandro LeitaoEleições 2024alagamentostranstornos chuva Fortaleza

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar
Super Fruits Slot Mapa do site