Super Fruits Slot

Super Fruits Slot - um ano após inauguração, famílias aproveitam espaço

Com limpezas periódicas, espaço apresenta um ambiente agradável aos seus frequentadores

Um ano após o fim das obras no Parque da Criança, no Centro de Fortaleza, o local ainda mantém-se preservado. Em meio à movimentação frenética dos comércios da região, o parque funciona como um refúgio para quem busca fugir da correria típica da Cidade.

No  local, o som dos veículos é substituído pelo canto dos pássaros que se abrigam nas diversas árvores. A sombra gerada pelas folhas ajudam a amenizar o intenso calor da Capital durante o mês de dezembro.

Seja assinante Super Fruits Slot+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Antes de ser entregue ao público, o Parque das Crianças passou 18 meses em obras, que tiveram um investimento de R$ 8,6 milhões. A inauguração oficial aconteceu em 1902. Já em 1991, o equipamento foi reconhecido como Patrimônio Histórico e Cultural de Fortaleza.

O ambiente é planejado em prol do desenvolvimento cognitivo das crianças e conta com diversas zonas, nas quais é possível se divertir e exercitar a mente. Ao todo, sete ilhas pedagógicas estão espalhadas pelo espaço, onde é possível se aventurar em um pequeno labirinto, fazer uso de balanços e se divertir nas redes de um brinquedo que funciona como um pequeno equipamento de escalada.

Lana Carla, 43, aproveitou a manhã desta segunda-feira, 26, para conhecer o Parque da Criança. Acompanhada de seu filho, Teodoro Santos, de apenas 2 anos, ela conta que se surpreendeu com a estrutura.

"É um espaço bem agradável. A criança consegue interagir e se divertir aqui. Ele gostou bastante do espaço da inteligência musical", destaca. Na avaliação de Lana, mais brinquedos poderiam estar instalados no Parque, mas a sugestão de melhorias não interfere no seu parecer. "Tudo está bem conservado, também vi guardas por aqui, me sinto bem aqui."

No centro do parque, um grande lago é o principal destaque do equipamento. Contemplar o espelho d'água é uma das opções de relaxamento para crianças e adultos. Olhares mais atentos poderão perceber a grande quantidade de peixes na água. Entretanto, apesar da presença de garis no parque, o lixo também é uma constante, além da presença dos aguapés.

"Tiramos quase 80 sacos de lixo nessas últimas semanas. Levamos uns quatro dias para limpar tudo", conta José Nunes, 57, que participava da limpeza no local.

O servente explica que o trabalho no parque é cotidiano, mas que os maiores problemas são causados pelo descarte do lixo de forma inadequada por parte dos visitantes. "Cuido como se fosse a minha casa. Temos uma turma que sempre se reveza aqui. O trabalho maior é o lixo que o pessoal joga aqui."

Francisco Wellington, 29, era mais um que aproveitava o dia ensolarado ao lado do filho. Ele aprova o trabalho de limpeza realizado no parque e comemora o fato de o local ter passado por uma requalificação.

"Antes, isso aqui era horrível. Eu estou admirado, trouxe o meu filho para admirar a paisagem. Tinha uma imagem horrível daqui, hoje aqui tem vida", opina Francisco, que contemplava a lagoa ao lado do pequeno Miguel, de apenas 1 ano e 11 meses.

Apesar das boas condições do parque após a reinauguração, o local também já sofreu algumas avarias, pelo menos três brinquedos apresentam defeitos. Em relação ao plano original, no qual estava previsto o funcionamento de restaurantes e cafeterias, o projeto ainda não foi colocado em prática.

De acordo com a Prefeitura de Fortaleza, equipe de infraestrutura da Secretaria Municipal da Gestão Regional (Seger) "fez uma vistoria técnica e produziu um relatório com os serviços necessários para atender as demandas de manutenção do parque".

A conclusão dos reparos está prevista para o primeiro trimestre de 2023, conforme nota enviata pela pasta (leia abaixo na íntegra). Sobre a ocupação dos edifícios para fins comerciais, a Seger informa estar em processo de licitação de quatro prédios. "As propostas dos interessados em utilizar os espaços devem ser apresentadas até o dia 12 de janeiro de 2023, durante a abertura das propostas da concorrência pública, na sede da Central de Licitação de Fortaleza (CLFOR), na Avenida Heráclito Graça, 750, no Centro", completa. 

Parque da Criança: nota da Prefeitura de Fortaleza

"A Prefeitura de Fortaleza informa que a manutenção e conservação do Parque Urbano da Liberdade, mais conhecido como Cidade da Criança, é compartilhada entre a Secretaria Municipal da Gestão Regional (Seger) e por sua vinculada, Autarquia de Urbanismo e Paisagismo de Fortaleza (UrbFor). Equipes de limpeza da UrbFor, que ficam instaladas em uma das dependências do equipamento, são responsáveis pelos cuidados com a fauna e flora do espaço público. Diariamente, são executados serviços de varrição, recolhimento de resíduos e paisagismo. Uma equipe de infraestrutura da Seger fez uma vistoria técnica e produziu um relatório com os serviços necessários para atender as demandas de manutenção do parque. A conclusão dos reparos está prevista para o primeiro trimestre de 2023.

Em relação às atividades desenvolvidas pela Prefeitura no local, após a requalificação do Parque, foram criados novos espaços, como o Memorial da Liberdade; a Casa do Ciclista, que conta com bicicletário e vestiários; o posto de vigilância para a Guarda Municipal de Fortaleza (GMF); além do setor administrativo e do apoio ao visitante. As ilhas pedagógicas contêm brinquedos que aguçam a criatividade e as habilidades motoras das crianças.

Aos domingos, o destaque é a Ciclofaixa de Lazer, tradicional evento ciclístico de iniciativa da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC), que utiliza o espaço público como ponto de apoio fixo. Diversas atividades que incentivam o respeito às normas de circulação viária são realizadas e levadas quinzenalmente ao local (em rodízio com outros pontos de apoio do evento ciclístico). Em paralelo, aos fins de semana, famílias e grupos de amigos utilizam as sombras do parque para encontros e festividades.

Reaberto ao público em dezembro do ano passado, novas atrações desembarcaram na Cidade da Criança desde então. Para fomentar a cultura local e para bem recepcionar o turista que visita o Centro da cidade, em agosto deste ano, foram inaugurados um museu, dedicado a um dos personagens mais populares e icônicos do Ceará, o Bode Ioiô, e mais uma unidade da Casa do Turista. Ambos equipamentos são administrados pela Secretaria Municipal do Turismo (Setfor). O horário de funcionamento dos dois é das 8h às 17h, de segunda a sexta, e das 8h às 12h, aos sábados, exceto feriados.

Sobre a ocupação dos edifícios para fins comerciais, a Seger está em processo de licitação de quatro prédios. As propostas dos interessados em utilizar os espaços devem ser apresentadas até o dia 12 de janeiro de 2023, durante a abertura das propostas da concorrência pública, na sede da Central de Licitação de Fortaleza (CLFOR), na Avenida Heráclito Graça, 750, no Centro.

As áreas destinadas à exploração comercial variam de 57,43 m² a 422,50 m², com aluguéis mensais que variam de R$ 960 a R$ 7.050. Nas quatro edificações, há locais para a colocação de mesas externas."


Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Parque das CriançasParques em FortalezaEspaço PúblicoPraças

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar
Super Fruits Slot Mapa do site