Super Fruits Slot

Super Fruits Slot - Em greve, servidores do INSS realizam ato na Beira Mar

Servidores cobram a realização de concursos públicos para suprir déficit de cerca de 10 mil a 15 mil servidores e melhor oferta de serviços à população

Os servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) realizaram ato nesta sexta-feira, 6, na avenida Beira Mar. Os servidores estão em greve nacional desde o dia 23 de março. O protesto da classe tinha como objetivo denunciar o processo de sucateamento da autarquia, englobando críticas à falta de celeridade nas negociações, o corte de salários, congelamento salarial, equipamentos tecnológicos obsoletos e falta de concurso público.

Seja assinante Super Fruits Slot+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Na Beira Mar, os servidores protestaram utilizando faixas, cartazes e panfletos. De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores Federais em Saúde, Trabalho e Previdência Social (Sinprece), outros problemas foram desencadeados a partir do abandono do governo: filas virtuais com três milhões de processos represados, insegurança digital para servidores do teletrabalho e a falta de pessoal no atendimento presencial.

Segundo Carmem Marques, diretora da Federação Nacional de Sindicatos de Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social (Fenasps), até agora não houve um retorno do Governo quanto às reivindicações dos servidores. "Houve desconto no salário dos trabalhadores, mas ainda não foi discutida a forma de devolução. Nesse sentido, a gente mantém a greve em todo Brasil", destacou a diretora.

De acordo com Carmem Marques, a atual forma com que o INSS recebe pedidos de benefícios está equivocada, pois exclui uma parcela da população que não tem acesso a tecnologia. "O INSS, a seguridade social, é de grande importância para toda a população, especialmente a população carente. As pessoas têm que entrar em site, têm que acessar internet, e muitas vezes as pessoas não têm essa condição, porque não conhecem, não sabem trabalhar com internet. Terminam tendo que pagar (para terceiros acessarem os dados do INSS)", aponta.

"É um direito do povo e o povo precisa de servidores atendendo no balcão. Por isso, uma das nossas reivindicações é um concurso público", afirmou a diretora da Fenasps. Segundo ela, atualmente, o INSS necessita de 10 mil a 15 mil servidores concursados.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

greve servidores inssgreve inssconcurso publico inssFenaspsSinprece

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar
Super Fruits Slot Mapa do site