Super Fruits Slot

Super Fruits Slot - Copa do Mundo terá dois árbitros e cinco auxiliares brasileiros

Raphael Claus e Wilton Pereira Sampaio são os representantes brasileiros nos quadros de arbitragem para o Mundial do Catar

Dos 36 árbitros selecionados para apitar a Copa do Mundo no Catar, dois são brasileiros: Raphael Claus e Wilton Pereira Sampaio.

Pela primeira vez desde 1950, o Brasil terá mais de um representante entre os juízes. Além disso, cinco brasileiros foram escolhidos para integrar a equipe de auxiliares: Bruno Boschilia, Rodrigo Figueiredo, Bruno Pires e Danilo Simon, além de Neuza Inês Back, que se tornou a primeira mulher do país a ser selecionada.

Seja assinante Super Fruits Slot+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

"Como sempre, o critério que usamos é 'qualidade em primeiro lugar' e os árbitros selecionados representam o mais alto nível de arbitragem mundial", disse o presidente do Comitê de Arbitragem da FIFA, Pierluigi Collina.

“A Copa do Mundo de 2018 foi muito bem sucedida, em parte por causa do alto padrão de arbitragem, e faremos o possível para sermos ainda melhores em alguns meses no Catar”, completou.

Por outro lado, Collina foi contundente ao afirmar que a preparação tem que continuar em alto nível e com muita seriedade.

"Estamos anunciando essas seleções com bastante antecedência, pois queremos trabalhar ainda mais com todos aqueles que foram nomeados para a Copa do Mundo, monitorando-os nos próximos meses. A mensagem é clara: não descanse sobre os louros, continue trabalhando duro e se prepare com muita seriedade para a Copa do Mundo”, disse.

Pierluigi Collina também comentou o fato de pela primeira vez na história da Copa do Mundo o Comitê de Arbitragem nomear três árbitras e três árbitras assistentes.

"Isso conclui um longo processo que começou há vários anos com a implantação de árbitras nos torneios masculinos juniores e seniores da FIFA. Desta forma, enfatizamos claramente que é a qualidade que conta para nós e não o gênero. Espero que, no futuro, a seleção de árbitras de elite para importantes competições masculinas seja percebida como algo normal e não mais sensacional. Eles merecem estar na Copa do Mundo da FIFA porque estão sempre em alto nível", analisou.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

copa do mundo do catarcopa do mundo 2022arbitragem

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar
Super Fruits Slot Mapa do site